.Outras Coisas & Loisas

.Arquivo de Coisas

. Maio 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

Terça-feira, 11 de Outubro de 2005

Bicicletas e Panquecas de Banana

Figura.jpg



Ontem a caminho de casa, debaixo de uma chuva terrivel (mas necessária), dou por mim a pensar que lá se casou mais uma amiguinha dos tempos de escola!


Como ia a 50km/h deu para relembrar todos os instantes do almoço do casamento, das pessoas que já não via há imenso tempo, enfim e pensar como é que é possível uma pessoa crescer tão depressa. Ainda no outro dia era o primeiro dia de aulas em Outubro de 1985 e hoje já se casam.


Depois, aproveitei também para ouvir o novo cd com albuns em MP3 que seleccionei e gravei. Entre vários cd’s do Jammie Cullum, da Bethânia, da Maria Rita eis que me deparo com o novo da Katie Melua – Piece by Piece.


Giro sim senhor, musica calminha, o ideal para a viagem de regresso a casa depois de um dia de trabalho. Mas às tantas deparo-me com a música que dá pelo nome de "Nine Million Bicycles" e começa da seguinte forma:



         
There are nine million bicycles in Beijing
          That's a fact,
          It's a thing we can't deny
          Like the fact that I will love you till I die.


(…)


 


Ou seja,


 


Há 9 milhões de bicicletas em Beijing


É um facto,


É algo que não podemos negar


Assim como o facto de que eu te amarei até morrer (?)


 


A melodia é muito bonita mas que raio de letra é esta, imaginam isto cantado em português!? Havia de ser lindo!


Assim, ouvi a músca atentamente, percebi que poderia ter um significado importante, mas que realmente… enfim.


Mudei para o cd do Jack Johnson  - In Between Dreams – e comecei por ouvir Banana Pancakes, apesar de traduzida para português também não ser das melhores, ao menos é romântica e é nessa onda que estou agora por isso:


 


 


You hardly even notice


When I try to show you this


Song it’s meant to keep you


From doing what you’re supposed to


Like waking up too early


Maybe we could sleep in


I’ll make you banana pancakes


(…)


 

Malu às 17:03
link do post | Digam coisas | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 27 de Outubro de 2005 às 00:02
Maluuuuuu... Maluuuuuuuu......... Onde andas gaja?!?!? Saudadinhas!!Dks
(http://cgaja.blogspot.com/)
(mailto:dks@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Outubro de 2005 às 20:12
Rôda-se, mas quanto tempo demoraste a chegar a casa, afinal??? ehe, ehe, ehe...Castor
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Outubro de 2005 às 22:00
Este é um dos meus passatempos favoritos!Traduzir as músicas para português e cantá-las muito alto para irritar toda a gente,por exemplo:COMO UMA VIRGEM UUUHHHHHH TOCADA PELA PRIMEIRA VEZ!!!!!!ou então lembrar-me daquela versão brasileira do Still Loving You(isto,acredites ou não,existe mesmo,eu ouvi!!!) AINDA TCHI AMOOOOOOOOOO(e quase que me vomitava toda....)pekala
</a>
(mailto:pekala@sapo.pt)
De Anónimo a 17 de Outubro de 2005 às 20:58
Poxa, deixei um coment sobre esse post, mas foi no canto errado...veja la no post anterior...lol. :]Luanda
(http://minaluanda.fotoblog.uol.com.br)
(mailto:lualu87@gmail.com)
De Anónimo a 14 de Outubro de 2005 às 17:33
Eu comecei a aprender inglês desde muito jovem e formei-me na língua inglesa (tenho 3 diplomas) há muitos anos atrás. Quando falo inglês, não penso em português mas sim em inglês. Esta introdução serve para tentar fundamentar a minha opinião sobre o assunto das letras em inglês e das respectivas traduções para português. A língua inglesa é gramaticalmente pobre. Por outras palavras a gramática inglesa é extremamente simples, intuitiva e directa. Em oposição, a gramática portuguesa é extremamente complexa, nada intuitiva (tem um miríade de regras e de excepções a essas regras) e demasiado elaborada. Como resultado, frases aparentemente simples e sóbrias no inglês podem, quando contextualizadas (a contextualização na língua inglesa é fundamental), traduzir pensamentos ou sentimentos profundos ao passo que quando traduzidas à letra para português (um péssimo método de tradução, diga-se em abono da verdade) perdem toda a mensagem. Aquilo que em português soa péssimo, em inglês soa lindamente (aos ouvidos de quem sabe bem interpretar o inglês). Não me venham cá falar do João Pedro Pais... basta lerem qualquer letra de Djavam para perceberem que é possível escrever coisas bonitas e com sentido em português. Ou se quiserem, letras do Carlos Tê, para dar um exemplo nacional. ;) Agora o João Pedro Pais... rsssJesusRocks
(http://jesusrocks.blogs.sapo.pt)
(mailto:jesusrocks@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Outubro de 2005 às 17:02
Acredita!! ha certas musicas(grandes hits até) que se nos metermos bem a pensar nelas e a traduzir... sai assim uma coisa linda mesmo. loool Não sei porquê mas as musicas da Katie lembram-me sempre versos em postais de dia de são valentim, feitos por putos de 5º e 6º ano.. lolMarta
(http://estoriasminhas.blogspot.com)
(mailto:estoriasminhas@gmail.com)
De Anónimo a 11 de Outubro de 2005 às 21:38
Farto-me de insistir nesse assunto. Existem milhões de canções em inglês grandes hinos que toda a gente adora, cujas letras são assim... como dizer... completamente absurdas. E ainda há quem fale mal do João Pedro Pais... NÃO HÁ NINGUÉM COMO ELE!Andreia R.
(http://www.refugiosdefelicidade.blogspot.com)
(mailto:refugiosdefelicidade@sapo.pt)

digam coisas