.Outras Coisas & Loisas

.Arquivo de Coisas

. Maio 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2005

Ser "Dr" em Coimbra

Como é sabido Coimbra é a cidade dos estudantes, a cidade dos “doutores”.
Uma cidade com um encanto especial, um maior encanto ainda na hora da despedida, como diz a canção. Um encanto que faz com que tantos universitários por cá fiquem quando acabam os seus cursos!
Eu insiro-me nos que por cá ficaram a trabalhar!
Todos se tornam “dr’s” ou “doutores”.
99,9% da população de Coimbra é Sr(a) Dr(a) Fulano(a) tal. Até o ser humano que não é Dr., passa a ser!
Hoje, na leitura habitual do Diário de Coimbra, parei nas páginas de Necrologia e é ai que me deparo com duas caixas de notificação de falecimento.

“ Dr. Manuel XXXX Faleceu
Sua esposa Dra. Maria XXXX e suas filhas Dra. Manuela XXXX e o seu filho Dr. João XXXX blá ...”

“Dra Maria XXXX
Missa 30 dia,,,”

A minha duvida é: será que lá no céu, onde supostamente se atinge a plenitude e a paz eterna, também há diferenças deste tipo? Mais, será que na inscrição dos majestosos jazigos de família figura o “Dr.”? Os familiares licenciados terão, numa hora de tanta angústia, fazer valer o seu estatuto académico?
Malu às 18:42
link do post | Digam coisas | favorito
|
13 comentários:
De Anónimo a 9 de Janeiro de 2006 às 17:04
É só para dizer que aquele "houvia" tem apenas o significado fonético e nada mais... Pantagruell
</a>
(mailto:eira-velha@netcabo.pt)
De Anónimo a 9 de Janeiro de 2006 às 17:01
Apesar de já ter sido honrado com uma visita da autora ao meu paupérrimo e modesto Bloguinho, só agora fiz uma visita ao C&L e vim logo embirrar com uma coisa que me faz imensa comichão por trás da orelha. Os Drs são realmente importantes em Coimbra, coisa nunca vista, até parece que vivem noutra galáxia. Li há muitos anos um livro em que se falava da importância da hierarquia no meio castrense e o autor comentava, a certo ponto "no exército suíço qualquer general sabe que no quartel é um superior do padeiro mas quando vai à padaria comprar pão é apenas um seu cliente". Se os nossos doutores se debruçassem e meditassem um pouco sobre aquele ponto de vista talvez aterrassem no mundo dos comuns mortais. Assim, como houvia dizer aos sábios da minha terra, resta-nos a consolação de saber que, quando morrerem, tal como os outros, "hão-de levar uma rolha no cú atacada a martelo".Pantagruell
(http://banalidades.blogs.sapo.pt)
(mailto:eira-velha@netcabo.pt)
De Anónimo a 1 de Dezembro de 2005 às 11:28
Eu sempre ouvi dizer que quando morremos, só levamos as nossas boas acções. E essas nada têm a ver com títulos ou posições sociais, mas com atitudes.maria flor
(http://mariaflor1.blogspot.com/)
(mailto:maria.flor@sapo.pt)
De Anónimo a 30 de Novembro de 2005 às 10:19
http://unhanegra.blogspot.comUnha Negra
(http://unhanegra.blogspot.com)
(mailto:unhanegra@hotmail.com)
De Anónimo a 28 de Novembro de 2005 às 18:02
E os mestres e doutorados??
Ficam num escalão acima?
LOLLLLLO Turista
(http://www.turistar.blogspot.com/)
(mailto:turistar@aeiou.pt)
De Anónimo a 25 de Novembro de 2005 às 00:38
Olá Malu. Como vão as coisas? O PC do trabalho ainda está com gripe???grilinha
(http://grilinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:grilinha@gmail.com)
De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 15:05
Concordo contigo a 100% e acredita que não é só em Coimbra! Aqui no Porto tb se vai ao extremo com isso! Ridiculo! jocaspanpanisca
(http://panpanisca.blogs.sapo.pt)
(mailto:panpanisca@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Novembro de 2005 às 20:11
Era uma vez um DOUTOURE, da República dos DOUTOURES, que chegou ao Céu depois de ter morrido com um enfarte de miocárdio (ou como se chama a essa coisa). O Senhor S. Pedro, estava à porta e perguntou-lhe: “Como se chama o senhor?” E o senhor DOUTOURE disse: “Chamo-me DOUTOURE Afonso Henriques (esta não é piada para Guimarães, juro)!”. “OK”, disse o senhor S. Pedro, “então entre pela porta dos Dês”… “Ò senhor S. Pedro”, disse o DOUTOURE Afonso, “desculpe, mas olhe que eu devo entrar pela porta dos Ás, porque o meu nome começa por Á... DOUTOURE, é título…” E o senhor S. Pedro: “Ai é título? Então vai para os Tês…” ehe,ehe,ehe...CASTOR
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 22:27
Partilho contigo a dúvida e a indignição.Andreia R.
(http://www.refugiosdefelicidade.blogspot.com)
(mailto:refugiosdefelicidade@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Novembro de 2005 às 11:52
oooO
(....).... Oooo....
.\\..(.....(.....)...
..\\_)..... )../....
.......... (_/.....CAMINHANDO!!!

oooO
(....).... Oooo....
.\\..(.....(.....)...
..\\_)..... )../....
.......... (_/.....ESTA QUASE...


oooO
(....).... Oooo....
.\\..(.....(.....)...
..\\_)..... )../....
.......... (_/.....CAMINHANDO...


oooO
(....).... Oooo....
.\\..(.....(.....)...
..\\_)..... )../.... UFA...
.......... (_/..... CHEGUEI...

-------\\\\\\\\|////--------
------( @@)------- Só passei para dar uma olhadinha
---ooO--(_)--Ooo-- e dizer um

______0000000000___0000000000000____
____0000000000000__0000000000000____
___000000___000000____0000000_______
___000000___000000____0000000_______
___000000___000000____0000000_______
___000000___000000____0000000_______
___000000___000000____0000000_______
___000000___000000____0000000_______
_____00000000000___0000000000000____

passa lá no nosso também...
beijocas natalicias

PEROLA
(http://perolasegranitos.blogspot.com)
(mailto:perolas@netcabo.pt)

digam coisas