.Outras Coisas & Loisas

.Arquivo de Coisas

. Maio 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

Quarta-feira, 30 de Novembro de 2005

Pessoa, Fernado António Nogueira - 1888-1935

“(…)A 30 de Novembro de 1935, no Hospital de S. Luís dos Franceses, morre Fernando Pessoa vitima  cólica hepática, causada provavelmente pelo consumo excessivo de álcool(…)”
in, Enciclopédia Universal Multimédia
	 fernando.pessoa.gif

      Autopsicografia

   
		O poeta é um fingidor.
		Finge tão completamente
		Que chega a fingir que é dor
		A dor que deveras sente.
 
		E os que leem o que escreve,
		Na dor lida sentem bem,
		Não as duas que ele teve,
		Mas só a que eles não têm.
 
		E assim nas calhas de roda
		Gira a entreter a razão,
		Esse comboio de corda
		que se chama o coração.

Malu às 17:43
link do post | Digam coisas | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 3 de Dezembro de 2005 às 14:40
Excessos da sua época. Agora temos outros (drogas etc). Pessoa será sempre intemporal mas muito actual. Um beijinho e bom regresso ás bloguices.grilinha
(http://grilinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:grilinha@gmail.com)
De Anónimo a 2 de Dezembro de 2005 às 14:48
Gostei muito do blog, fica bem e bfdsemana. Passa pelo meu blog e não te esqueças de comentar.
AntónioAntónio Soares
(http://oceanosemfim.blogs.sapo.pt)
(mailto:antoniopiressoares@hotmail.com)
De Anónimo a 1 de Dezembro de 2005 às 17:24
Boa vida sem senhor! Mas muita escrita... de qualidade intemporal.Andreia R.
(http://www.refugiosdefelicidade.blogspot.com)
(mailto:refugiosdefelicidade@sapo.pt)
De Anónimo a 1 de Dezembro de 2005 às 01:07
Pois é, o tipo sabia beber mas bebia demais; eu sempre disse que um gajo, nestas coisas, tem que ser selectivo porque senão dá nisto. Rôda-se, tenho que lhes ensinar tudo...Castor
(http://diquedocastor.blogs.sapo.pt)
(mailto:diquedocastor@mail.pt)

digam coisas