.Outras Coisas & Loisas

.Arquivo de Coisas

. Maio 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

Errare humanum est

O ser humano é mesmo um animal muito complicado.

A vida nem sempre toma o rumo que queremos, o que me leva a pensar que somos falíveis… porque somos humanos e errar é humano… logo…

O mau do cometer um terrível erro, é que somos invadidos por uma adrenalina inexplicável. Que gera o medo, a angustia e a estupidez!

Pois eu cometi um grande erro.

O medo, a angústia e a estupidez, dão agora lugar a um desconforto no coração e na alma.

O tempo é bom conselheiro e tudo cura é o que espero!

Melhores dias virão…

Malu às 11:45
link do post | Digam coisas | favorito
|
2 comentários:
De Andreia a 5 de Dezembro de 2006 às 21:42
Mas que será que se passa contigo? Fiquei intrigada e preocupada...
De sinitz a 7 de Dezembro de 2006 às 15:24
sini, errar é a coisa mais banal do mundo, nao precisas de te sentir mal por nada. Adoro.te por tudo o que és, com erros ou sem erros és a mulher da minha vida.

digam coisas