.Outras Coisas & Loisas

.Arquivo de Coisas

. Maio 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

Sexta-feira, 7 de Julho de 2006

Submarino

UPDATE

Foi fantástico! Não tenho palavras!





Como não fomos até Berlim, resta-me entrar no "Submarino" e deixar-me guiar pelo enredo...

No Teatro Académico Gil Vicente_Sábado_21hh30m_na minha Coimbra!




“Submarino” é a história de um casal moderno (vivido por Miguel Falabella e Teresa Guilherme) e as suas dificuldades de relacionamento. Usando e abusando do humor, os autores traçam um quadro divertido, emocionante e mordaz sobre a impossibilidade de se manter um casamento ou de se viver sozinho numa grande cidade, neste novo milénio.
Esta comédia romântica é uma viagem pela vida, pelas diferentes crises da idade e paralelamente pelas crises que se vão vivendo numa relação a dois.
César é corretor da bolsa de valores e Rita, uma bibliotecária. O casamento deles atravessa inevitáveis altos e baixos e eles contabilizam as próprias separações e os eternos reencontros. "O casamento é igual a um submarino. Até bóia, mas foi feito para afundar", diz Rita numa das cenas, sintetizando o humor e o espírito da comédia romântica que reúne os dois actores. São as farpas e as ironias sobre o casamento nos dias de hoje.
Dossier:
Malu às 16:03
link do post | Digam coisas | favorito
|
4 comentários:
De Andreia a 8 de Julho de 2006 às 16:56
Espero q gostes da peça. Tb gostava de ir ver, mais por curiosidade de ver uma Teresa Guilherme actriz. Conta depois...
De Joaquim Santos a 8 de Julho de 2006 às 23:46
Aproveita bem isso de ir ao teatro que é a cocaína do espírito: chega-se, senta-se, snifa-se e depois fica-se acelerado por umas horas a falar coisas conexas e desconexas a mil à hora. Não sei por experiência, acredita, mas tu sabes, eu sei e nós sabemos que é assim.

Beijos

Joaquim Santos

www.joshuaquim7.blogspot.com
De * a 9 de Julho de 2006 às 23:23
Gostava de ter ido ver!
De O Turista a 11 de Julho de 2006 às 23:52
parece-me interessante.. se bem que não gosto da Teresa Guilherme...
:p

digam coisas