.Outras Coisas & Loisas

.Arquivo de Coisas

. Maio 2007

. Abril 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

Sábado, 7 de Fevereiro de 2004

...





 


Mais umas palavras de aopio do Paolo!


Vale a pena ter amigos assim...


 


 


Quem sou?


 


Há por vezes momentos de agústia que se sucedem a outros de alegria. E estoutros fazem-nos reviver com nostalgia arreliadora os primeiros.


 


Quem sou? Por quem vim?


Espaço temeroso e desafiador


Que se vai esgotando em mim


De modo rápido e avassalador


 


Onde estou? Que faço sentado?


Tempo fútil e enigmático


De um futuro passado


Barulhento e afático


Que me bombardeia!


Que me deixa derreado!


 


Quem? Onde? Como?


Prisão decadente


Que me tem refém


Deste corpo despiciente


Desta alma do além!


 


(Paolo Ricciardi)

Malu às 15:32
link do post | Digam coisas | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 7 de Fevereiro de 2004 às 18:53
Adorei a poesia! Gosto muito do teu blog, é sempre bem variado!! um beijo!Dália
(http://www.jardimdesonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:doce_dalia@sapo.pt)
De Anónimo a 7 de Fevereiro de 2004 às 17:10
esta engraçado o blog. Mas com tantas imagens fica um pouco lento. Mas valeu a pena a espera.

Beijinhosmaria
(http://putadevida.blogspot.pt)
(mailto:putadevida_blog@hotmail.com)

digam coisas